Parabéns para nós!

Estava olhando as estatísticas do blog, e vejam só: o Vulvodínia Tem Jeito completou ontem 1 ano de vida.

Quando criei o blog, minha intenção foi gritar minha dor ao mundo pedindo socorro; como uma mensagem dentro da garrafa jogada ao mar.

As respostas vieram em quantidade e velocidade muito maior do que eu esperava. Comecei a receber tantos comentários, que achei melhor criar logo uma lista de discussão. E aí, através das histórias de cada uma delas, eu vi que o meu caso, que eu já achava insuportável e que destroçava minha alma, era dos mais brandos. Conheci mulheres que não conseguiam usar calça justa, calcinha, andar de bicicleta, outras que sofriam de Vulvodínia há quase 20 anos, e ainda as que nunca na vida tinham experimentado uma relação sexual sem dor. Constatei que ainda vivemos num mundo ainda predominantemente machista, de mulheres sofrendo caladas, de profissionais incompetentes, picaretas e desinformados.

Atualmente nosso grupo de email tem cerca de 30 mulheres, e, unidas, chegamos aos profissionais certos. Algumas estão totalmente curadas, outras melhoraram muito, outras melhoraram um cadinho só.

Mas nenhuma está com o quadro parado ou regrediu.

Agradeço à vida, à tecnologia, e demonstro minha gratidão compartilhando essa bênção com todas que têm sua vida mutilada com a vulvodínia.

Estamos colocando aos poucos a lista dos médicos e profissionais de saúde que nos têm ajudado .

OBS. O Blog hoje está na marca da 10.000 visitas. Levando em consideração que no grupo somos apenas 30, eu imagino quantas não tiveram coragem de entrar em contato. Por isso faço um apelo: NÃO SOFRA CALADA.  A gente nasceu pra ser feliz, pra desfrutar de todas as maravilhas que nosso corpo proporciona e SEM DOR. Não é normal sentir dor em toda relação. Não é normal não ser feliz!

Vulvodínia TEM JEITO!

🙂

Beijos e muito obrigada.

Anúncios

16 ideias sobre “Parabéns para nós!

  1. Ana

    Olá Lika,tou tentando entrar na página do grupo mas não consigo porque está a pedir-me uma senha!Não me recordo de ter dado alguma senha quando pedi para aderir ao grupo!!
    Será que podes me ajudar?!
    Obrigada e beijinhos

    Resposta
  2. Tryciana

    Achei lindo d+ o posto, até me emocionei!!!!!!! Realmente Lika, a tecnologia está aí para nos dar informações, por isso, temos que repetir, NÃO SOFRA CALADA!!!!! Sentir Dor não é normal!!!! Mil beijos.

    Resposta
  3. George

    Kika, meninas, parabens. Parabens por 1 ano de blog e pela luta de todas voces.

    Eu e minha namorada lemos todos os posts e nao conseguimos ter uma idéia de quantas estao relativamente bem e quem está no fundo do poco. Eu e ela estamos no fundo do poco a 1 ano e meio. Nem animo para ler o blog ela tem e é aqui que eu entro.

    Meu intuito é saber quantas de voces melhoraram de alguma forma (sei que nunca é 100%) e como fizeram.

    Entao vamos lá. No meu caso, eu e ela já passamos por banhos de assento com bicarbonato, pastilhas para acidificar, chá de quebra pedra, cetoconazol, fenticonazol, fluconazol, hormonio, amitriptilina, bepantol, hipoglos, gelo e recentemente itraconazol. Nada disso resolveu ou amenizou. Exatamente hoje ela irá comecar o citracal e a gabapentina. Espero poder voltar aqui e dar um parecer positivo.

    Saúde a todas e obrigado.

    Rodrigo e Andréa (rconcist@hotmail.com)

    Resposta
  4. Lika Autor do post

    Bem, não é Kika, e sim Lika! rs

    Rodrigo, o blog não é um tutorial médico. Aqui apenas compartilhamos as experiências que estão dando certo conosco. 🙂

    Nenhuma de nós é médica e não temos a menor intenção de medicar ninguém.

    Sua namorada está com acompanhamento médico?

    Essas tentativas caseiras que vocês fazem podem acabar piorando o quadro.

    Eu fiz uma nova seção no site onde recomendamos profissionais de saúde em várias cidades que podem ajudar. Clique em “com quem tratar”.

    E sim, já temos caso de 100% de cura, e como disse, outras com grande e incrível melhora, rumo aos 100%.

    A vulvodínia requer paciência, a cura não é milagrosa da noite pro dia. É uma melhora gradual, que exige acompanhamento e comprometimento por parte da paciente.

    Se sua namorada entrasse em nossa lista, com certeza ficaria animada e confiante, como todas que chegam desesperadas e sem esperança ficam. 🙂

    Abs.

    Resposta
    1. George

      Desculpe Lika. Sim, ela está com acompanhamento de duas ginecologistas que nao sabem o que é vulvodinia.

      Anotei o endereco da medica de Sao Paulo e vamos nos consultar.

      O meu intuito nao é automedicar mas descobrir o que utilizaram as pessoas que tiveram melhoras e cura. Isso ajuda até na hora de se conversar com os médicos. Tirando o gelo rsrs todos os outros medicamentos que citei foram prescritos. A gabapentina foi prescrita pelo psiquiatra dela mas o Citracal sim ela quer tomar por conta própria. Ela raramente tem forcas para uma iniciativa e por isso eu nao vou podá-la agora.

      Minha namorada já esta na lista mas nao acessa, nao se interessa e eu acabo sendo a unica janela dela pro resto do mundo e para possiveis solucoes para isso.

      Fico aqui na esperanca de sugestoes.

      Abracos e saúde a todos,
      Rodrigo

      Resposta
  5. Lika Autor do post

    Não aguento essas “médicas”. Não sabem e não procuram saber o que é! Nós, que não somos médicas e temos acesso a muito menos material científico fomos à luta e descbrimos! Por que elas não podem?

    O mais importante é confirmar o diagnóstico, e excluir as outras possibilidades como candidíases, infecções, etc.

    A vulvodínia tira mesmo a vontade de viver. Eu aconselharia um acompanhamento psicológico como eu também tenho feito e tem sido ótimo!

    Boa sorte com a médica em SP!

    Resposta
  6. Eva

    Oi, Lika! Esqueci de te perguntar como faço para fazer parte do grupo….Outra coisa, você saberia dizer com qual profissional que uma das colegas teve 100% de cura ????

    Resposta

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s